O governo de Angola aprovou um conjunto de diplomas legais que visam regulamentar a Lei da marinha mercante, portos e actividades conexas, anunciou em Luanda o ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

Angola - Porto de Luanda

 

Concretamente, foram aprovados os regulamentos do Sistema Nacional Integrado de Controlo do Tráfego Marítimo, de Pilotagem nos Portos Nacionais, do Sistema de Busca e Salvamento no Mar, do Pessoal do Mar, bem como o regulamento sobre a Lotação de Segurança de Navios e Embarcações.

No final da reunião do Conselho de Ministros, Augusto Tomás justificou a aprovação daqueles novos diplomas legais com o facto de os anteriores se encontrarem desenquadrados da realidade actual.

O ministro recordou que Angola aderiu às convenções internacionais da Organização das Nações Unidas sobre os Direitos do Mar e sobre Busca e Salvamento, donde a necessidade de incorporar essas convenções na legislação nacional.

No seu conjunto, prosseguiu Augusto Tomás citado pela “Angop”, os novos regulamentos visam a salvaguarda da vida humana no mar, a gestão do tráfego marítimo na costa nacional, contribuir para o combate contra a emigração clandestina e a pesca ilegal na costa angolana.

Comments are closed.