A Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo, Angola, está a negociar com a Volkswagen e a Ford a instalação de linhas de montagem de automóveis.

A montagem local de alguns dos veículos da Ford e Volkswagen deverá proporcionar o aparecimento de
empresas de produção de componentes no país, além de constituir um “chamariz” para que outras empresas de referência mundial possam instalar-se em Angola, referiu à “Angop” o presidente da ZEE Luanda-Bengo.

António Henriques da Silva disse ainda que dentro de dias deslocar-se-á à África do Sul, onde manterá conversações com responsáveis da Volkswagen.

António Henriques da Silva adiantou que o processo negocial decorre já há um bom tempo, e daí a necessidade de uma dinâmica para que a iniciativa seja concretizada, tendo em conta o papel que estas unidades industriais podem
desempenhar na economia do país.

Criada em 2009, a ZEE Luanda-Bengo, com oito mil hectares e uma área infra-estruturada de 421 hectares, é um espaço fisicamente demarcado dotado de benefícios fiscais e vantagens competitivas.

Tags:

Comments are closed.