Os portos belgas de Antuérpia e de Zeebrugge iniciaram as negociações com vista a uma eventual fusão.

O arranque das negociações formais acontece após quase dois anos de discussões exploratórias e um estudo sobre os portos de Antuérpia e Zeebrugge poderiam trabalhar mais em conjunto.

Os dois portos, que distam, por terra, cerca de 100 km, anunciaram que as negociações para uma possível fusão levarão mais dois anos.

“O relatório da Deloitte e da Laga indica que a actual cooperação entre os dois portos tem pouco impacto por causa da concorrência existente, alcance limitado e baixo envolvimento”, afirma o comunicado conjunto dos portos.

O documento das consultoras concluiu que uma cooperação de maior alcance permitiria que os portos respondessem aos desafios futuros, como a digitalização e uma transição para formas de energia mais ecológicas.

Antuérpia é o segundo maior porto da Europa, movimentando 235 milhões de toneladas por ano. Já Zeebrugge é um porto especializado no transporte ro-ro (com destaque para automóveis), movimentando anualmente 40 milhões de toneladas.

This article has 1 comment

  1. Helder Almeida

    Lisboa, “Barreiro”, Setubal” não olham para estes exemplos de “boas práticas”?
    Dir-me-ão que são realidades diferentes…serão? agora até têm uma única presidência: porque será?