Antuérpia prepara-se para reforçar a rede de energia para abastecimento dos navios no porto, com isso reduzindo as emissões poluentes.

O reforço da rede de postos de abastecimento permitirá que os navios atracados no porto belga desliguem os seus motores, ajudando a reduzir as emissões de NOx, CO2 e de partículas.

Neste projecto, a Autoridade Portuária de Antuérpia conta com o apoio da Alfaport-VOKA, representante da comunidade portuária privada, e tem a Techelec, a Schneider Electric, a ABB, a Siemens e a Actemium como parceiros técnicos.

Com mais este compromisso, Antuérpia assume-se como o porto líder em sustentabilidade no eixo Hamburgo-Le Havre, de acordo com o comunicado de imprensa divulgado a propósito.

Desde há algum tempo que as barcaças que operam em Amesterdão são abastecidas de energia a partir de terra, e o mesmo acontece desde o início do ano com as embarcações de serviço do porto.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.