A APAT e as congéneres de Espanha, Itália e América Latina renovaram, em Barcelona, o acordo de colaboração firmado em 1994. Porque a união faz a força.

O novo acordo foi firmado à margem do Congresso da Feteia, que decorreu em Barcelona, integrado no programa do SIL. Juntas, a APAT e as demais associações signatárias representam mais de 5 000 empresas transitárias, espalhadas pela Europa, América Latina e Caraíbas.

Para os transitários portugueses, identificar oportunidades de cooperação e projectos conjuntos é um dos grandes objectivos do acordo. Prevista esta também a colaboração na obtenção de financiamentos, públicos ou privados, nacionais ou internacionais, para o desenvolvimento de projectos relacionados com a melhoria dos processos de logística, transporte e comércio, assim como para a partilha de inovação no campo da logística, alfândega, controlos de segurança portuária e aeroportuária, entre outros.

A iniciativa permitirá ainda destacar a importância – mas também os desafios e as dificuldades – do trabalho dos profissionais do sector no Sul da Europa e na América Latina.

Comments are closed.