A APM Terminals assinou um contrato para quatro pórticos de cais e 14 pórticos de parque para o APMT Vado Terminal que está a construir na Costa da Ligúria, em Itália.

APM Terminals

Os pórticos STS têm entrega marcada para Março de 2017 e os ARMG para um mês depois.

“Esta encomenda de equipamento de movimentação de contentores é um marco para o desenvolvimento da APM Terminals Vado e para o futuro da área de Savona-Vado”, disse, citado num comunicado de imprensa, o director-geral da APM Terminals Vado.

“Esta infra-estrutura é essencial para o desenvolvimento de novas redes logísticas e de oferta de transporte terrestre para Itália à medida que a costa liguriana se torna acessível aos maiores navios mundiais”, acrescentou Carlo Merli.

No presente, o porto de Vado tem capacidade para receber navios de até 14 000 TEU de capacidade. O terminal da APM Terminals, com abertura prevista para Janeiro de 2018, poderá movimentar embarcações de até 18 000 TEU.

A capacidade anual do terminal será de 800 mil TEU. O governo de Itália prevê investir 300 milhões de euros na infra-estrutura, enquanto a operadora do grupo Maersk investirá 150 milhões de euros em equipamentos.

O novo terminal da APM Terminals beneficiará da integração operacional com o Vado Reefer Terminal (capacidade anual para 275 mil TEU), que a empresa dinamarquesa comprou em Agosto último.

 

Os comentários estão encerrados.