O acordo para a concessão dos apoios estatais de França e Espanha à Auto-Estrada do Mar (AEM) Vigo-Nantes será assinado “nas próximas semanas”, anunciou o presidente da Puertos del Estado.

AEM Vigo-Nantes

José Llorca, que discursava no congresso “O TMCD: Uma alternativa logística competitiva, segura e sustentável”, que se realizou em Vigo, afirmou que falta apenas resolver “algumas questões administrativas” para que se possa comunicar à companhia Suardiaz, que opera a AEM, a luz verde da Comissão Europeia às subvenções dos Estados.

A AEM Vigo-Nantes receberá, ao longo de sete anos, 23,8 milhões de euros de apoios estatais (concedidos em partes iguais por Espanha e França), a que se somarão, nos primeiros cinco anos, três milhões de euros oriundos do programa europeu Marco Polo II.

José Llorca aproveitou o evento para agradecer à Suardiaz ter colocado, no início do ano, a AEM em marcha “por sua conta e risco”, apesar de não ter os apoios estatais confirmados. O presidente da Puertos del Estado elogiou ainda o facto de a companhia se ter submetido às regras de um acordo redigido há dez anos e aos compromissos que a Trasmediterránea, que cedeu os direitos de exploração à Suardiaz, assumiu então.

Llorca sublinhou que a AEM permitiu ao porto de Vigo movimentar mais de 300 mil toneladas de várias cargas, com destaque para conservas, granito e veículos. O presidente da Puertos del Estado disse acreditar, aliás, que este último segmento poderá crescer ainda mais, até pelo cluster da indústria automóvel que está a ser criado no Norte de África.

 

 

 

 

Comments are closed.