Ao cabo de três anos, a Administração dos Portos de Sines e do Algarve e a PSA Sines chegaram a acordo sobre a expansão do terminal de contentores. Falta o ok das Finanças, anunciou João Franco, presidente da APS.

O acordo – que também terá de passar pelo crivo do Tribunal de Contas – prevê que a concessionária suporte os 200 milhões de euros de investimento na expansão do terminal, com a contrapartida do prolongamento do prazo da concessão por 12 anos.

Uma “solução equilibrada” e uma “boa notícia para o País”, considerou o presidente da APS, no tradicional encontro anual com os jornalistas do distrito.

A expansão do terminal de contentores de Sines implicará também um investimento de 12 milhões de euros da parte da administração portuária, em dragagens para aumentar a área navegável.

João Franco anunciou que este ano a APS investirá 21 milhões de euros, 18 milhões em Sines e o restante nos portos de Portimão e Faro. O investimento será feito com capitais próprios e co-financiamento comunitário, sem recurso a endividamento, sublinhou o presidente da APS.

Tags:

Os comentários estão encerrados.