Três armadores nacionais vão dividir entre si os pouco mais de 229 mil euros de incentivos à modernização da frota da marinha de comércio nacional.

O orçamento disponível seria curto mas nem por isso foi necessário ratear as verbas disponibilizadas pelo Estado através do IMT. A Mutualista Açoreana receberá perto de 144 mil euros, a Empresa de Navegação Madeirense 58 mil e a Transinsular cerca de 28 mil euros.

O despacho do secretário de Estado dos Transportes foi publicado em Diário da República no passado dia 30 de Dezembro.

Os subsidíos são concedidos a fundo perdido. No total serão dispendidos 229 687 euros, ao abrigo do denominado Projecto de Modernização da Frota da Marinha de Comércio Nacional.

Comments are closed.