Os estudos de mercado realizados pela Arriva para a ligação ferroviária entre o Porto e A Corunha apontam para um potencial entre os 800 mil e os 1,6 milhões de passageiros/ano.

Os números foram adiantados pelo CEO da Arriva España ao “Público”. A diferença é a dos cenários “péssimo” ou “óptimo”.

Para captar o maior número de passageiros, a Arriva contará com a qualidade da oferta – foram anunciadas quatro ligações diárias em ambos os sentidos – e com a forte cobertura da Arriva Galicia e da Arriva Portugal no Norte, que permitirá uma oferta multimodal aos potenciais passageiros.

O serviço deverá arrancar no final do próximo ano (inicialmente falou-se em meados de 2019), mas o CEO não se compromete com prazos.

Quanto ao investimento necessário, apenas há a certeza de que será assumido pela Deutsche Bahn. A operação exigirá dois comboios, mas ainda não é certo se serão adquiridos ou alugados à Renfe.

» Arriva quer comboio entre o Porto e a Galiza

Tags:

Os comentários estão encerrados.