Mesmo tendo caído em Outubro, o porto de Aveiro superou o volume de cargas movimentado em todo o ano de 2009 e ficou a 300 mil toneladas de um novo máximo de sempre.

Cumpridos dez meses do ano, Aveiro soma 3,2 milhões de toneladas movimentadas, o que supera os números finais de 2009, quando o porto movimentou 3,014 milhões de toneladas. Em termos homólogos, o crescimento é agora de 26%.

Entre Janeiro e Outubro os granéis sólidos movimentaram 1,4 milhões de toneladas, a carga geral 958 mil toneladas e os granéis líquidos 763 mil toneladas. Em termos de variação homóloga a ordem é a inversa, com quase 40% para os granéis líquidos, 30% para a carga geral e 17% para os granéis sólidos. Mas todos cresceram entre as 210 mil e as 220 mil toneladas face aos dez meses do ano passado.

A dois meses do final do ano é praticamente certo que o recorde de actividade do porto aveirense será batido. Em 2008, foram ali registados 3,466 milhões de toneladas. Faltam por isso cerca de 300 mil toneladas, ou o resultado de um mês apenas considerando a média verificada em 2010.

Em Outubro, contudo, e pelo segundo mês consecutivo, Aveiro perdeu cargas relativamente a 2009, com 246 mil toneladas contabilizadas, longe das cerca de 300 mil toneladas registadas há um ano. Outubro foi mesmo o pior mês do ano corrente.

Os granéis sólidos movimentaram 99 mil toneladas, a carga geral 89 mil toneladas e os granéis líquidos chegaram às 57 mil toneladas.

Os comentários estão encerrados.