Os procedimentos para a alienação de 49% da Azores Airlines serão publicados até final do ano, indicou o Executivo regional no Plano e Orçamento para 2020.

 

“Até ao final do ano 2019 está prevista a publicação dos procedimentos de alienação da participação da Naval Canal, Lda., detida pela Portos dos Açores, S.A., e de 49% do capital social da SATA Internacional – Azores Airlines, S.A.”, é referido nos documentos entregues ao Parlamento açoriano e disponibilizados na Internet.

Em Março, a Secretaria Regional dos Transportes do Governo dos Açores havia indicado que o procedimento de alienação de 49% da Azores Airlines seria lançado até ao final do primeiro semestre deste ano, mas tal prazo não se concretizou.

O primeiro concurso para a privatização de 49% da empresa foi anulado em Novembro do ano passado, após a divulgação de documentos que causaram um “sério dano ao grupo SATA e aos Açores”, anunciou, na altura, o Governo dos Açores.

Na altura, a RTP/Açores divulgou documentos privados da comissão de inquérito do Parlamento açoriano ao sector empresarial público, que indicavam que os islandeses da Icelandair – única entidade qualificada para a segunda fase do concurso – não teriam apresentado uma proposta formal de compra, mas antes pretenderiam negociar com a SATA.

Numa nota enviada na mesma ocasião à imprensa, o Executivo açoriano indicou ter dado “orientações ao Conselho de Administração do grupo SATA para anular” aquele concurso público “e preparar o lançamento de um novo concurso com o mesmo objectivo”.

A SATA Air Açores e a Azores Airlines fecharam o primeiro semestre com um prejuízo de 27,9 milhões de euros.

Comments are closed.