O Porto de Barcelona dispõe-se a financiar a construção de linhas de desvio com capacidade para comboios de 750 metros no corredor ferroviário Barcelona-Saragoça-Madrid. As actuais vias de resguardo apenas comportam composições de 450 metros.

Barcelona - Comboios

O porto catalão estuda incluir esse projecto nos seus investimentos ao abrigo do Fundo de Acessiblidade Terrestre Portuária para 2017, que prevê o financiamento de acessibilidades que melhorem a competitividade portuária. O anúncio foi feito pelo presidente da Autoridade Portuária de Barcelona, Sixte Cambra, numa reunião com o presidente do governo regional de Aragão, Javier Lambán.

“Pensamos que é um investimento com um retorno muito importante, uma vez que estamos com 32 frequências semanais nesta linha, pelo que cremos que vale a pena trabalhar e estudar antecipar este financiamento”, referiu Sixte Cambra.

A reunião entre a Autoridade Portuária de Barcelona e governo regional de Aragão serviu ainda para Javier Lambán anunciar o investimento de 300 mil euros no Terminal Marítimo de Saragoça. O objectivo é adaptar as instalações ao transporte refrigerado.

Em 2015, o terminal movimentou 305 122 TEU, mais 13% do que no ano anterior. Este terminal foi criado em 2011 pelo porto de Barcelona e pela Mercazaragoza.

 

 

 

Comments are closed.