A partir de 16 de Dezembro, os transportadores rodoviários poderão pagar a ecotaxa belga agrupando todos os seus camiões, e não de forma individualizada por camião, como até agora.

Portagens - Bélgica

De acordo com a gestora de portagens Vatservices, além da facturação por empresa, a Satellic (empresa do grupo Deutsche Telekom que gere a ecotaxa belga) disponibilizará a partir daquela data os trajectos em formato CSV (que permite apresentar os dados em forma de tabela e é convertível para Excel).

Por outro lado, a facturação continuará a ser emitida de forma independente por cada um dos três Estados com compõem a Bélgica: Bruxelas, Flandres e Valónia.

Em vigor desde 1 de Abril, a cobrança da ecotaxa aos pesados que circulam nas estradas da Bélgica tem sido alvo de críticas, por questões técnicas e de atrasos na instalação dos dispositivos electrónicos a bordo por parte da Satellic.

Entretanto, as autoridades belgas começaram a realizar operações de fiscalização aos camiões para controlarem as faltas de pagamento da ecotaxa. O regulamento das portagens belgas prevê uma multa de mil euros para a ausência de pagamento e é aplicada caso o transportador não pague de forma deliberada ou por erros administrativos ou informáticos.

 

 

 

 

Comments are closed.