As autoridades belgas mantêm 1 de Abril como a data de arranque para a cobrança de ecotaxas aos pesados que circulem nas estradas do país, apesar das críticas ao sistema e dos atrasos na instalação dos dispositivos electrónicos a bordo.

Portagens - Bélgica

Entre as críticas está o facto – que já terá sido reconhecido pela empresa concessionária das portagens – de um número considerável de dispositivos electrónicos já instalados – o OBU, de “On Board Unit” – terem defeito e terem de ser substituídos.

Igualmente alvo de crítica é a situação de monopólio na comercialização dos dispositivos electrónicos necessários à cobrança das ecotaxas, já que os aparelhos são comercializados por uma única empresa, a Satellic (grupo Deutsche Telekom).

As ecotaxas nos 6 800 quilómetros de rodovias belgas irão afectar 700 mil camiões com mais de 3,5 toneladas, 550 mil dos quais não belgas.

No início do mês de Março, menos de 10% dos veículos abrangidos tinham o OBU instalado.

Tags:

Os comentários estão encerrados.