A Boeing venceu a Airbus no total de encomendas líquidas até 31 de Outubro, com 642 contra 340, de acordo com os dados das companhias compilados pela “Europa Press”.

Boeing lidera encomendas e entregas

Os 642 pedidos líquidos da Boeing, a maioria do modelo 737, representam um valor, a preços de catálogo, de 111 581 milhões de dólares (98 352 milhões de euros). Já as 340 encomendas líquidas registadas pela Airbus (com destaque para o A320neo) têm um valor 49 720 milhões de dólares (43 821 milhões de euros).

Também no número de entregas o construtor americano levou a melhor sobre o europeu, embora neste caso a diferença seja menor.

Até 31 de Outubro, a Boeing formalizou a entrega de 625 novas aeronaves comerciais, 450 das quais do 737. A companhia planeia fechar o ano com entregas de entre 810 e 815 aviões comerciais.

A Airbus, por seu turno, entregou 584 unidades (472 de corredor único). O fabricante europeu mantém as suas estimativas e espera entregar 800 aeronaves comerciais em 2018.

 

Tags:

Comments are closed.