A Boeing anunciou hoje a suspensão da entrega de aeronaves do modelo 737 MAX, o mesmo que caiu na Etiópia no domingo passado, causando 157 mortos, mas garantiu que a produção continua.

"Suspendemos as entregas do 737 MAX até encontrarmos uma solução", disse um porta-voz da Boeing, que descartou a possibilidade de reduzir o ritmo de produção ou fechar temporariamente as fábricas.

"Estamos a avaliar as nossas capacidades e vamos ver onde é que os aviões que saem da linha de montagem vão ser armazenados", referiu.

A Boeing produz actualmente 52 avi . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***

Assinatura T&N Semestral
€45
Acesso ilimitado aos conteúdos do site T&N
Acesso a conteúdos exclusivos T&N
 
Assinatura T&N Anual
€60
Acesso ilimitado aos conteúdos do site T&N
Acesso a conteúdos exclusivos T&N
Descontos nos Seminários T&N

Tags: