Conhecidos que são os resultados dos três primeiros trimestres, a Boeing supera a rival Airbus, quer nas encomendas, quer nas entregas de aviões comerciais.

Airbus A380

Entre Janeiro e Setembro, a construtora norte-americana garantiu 437 encomendas (excluídos 80 cancelamentos), contra 380 da homóloga europeia (que sofreu 186 cancelamentos).  A Airbus foi penalizada pelo cancelamento de uma mega-encomenda de uma operadora low cost asiática.

Considerando o volume de negócios potencial das novas encomendas, a vantagem da Boeing sobre a Airbus akarga-se. A preços de catálogo, a construtora dos “States” garantiu 64,2 mil milhões de euros, contra 45,9 mil milhões de euros para a casa sedeada em Toulouse, França.

Na Boeing, o campeão de vendas é  o B737, com 321 aparelhos pedidos, merecendo ainda destaque as encomendas de três B747. Na Airbus, os A320neo e A320ceo dominam a carteira de encomendas, com perto de 240 pedidos. Ninguém quis o A380.

Também nas entregas a Boeing se está a portar melhor que a Airbus este ano, com 563 aparelhos vs. 462. A título de curiosidade, note-se que desde 1 de Janeiro foram entregues a clientes oito B747 contra 16 A380.

 

Tags:

Comments are closed.