A espanhola Boluda Lines propõe-se reforçar a presença em Cabo Verde, passando a semanal o serviço acabado de lançar com o alinhamento de mais um navio.

Boluda Lines

Definitivamente, o mercado de Cabo Verde está a atrair as atenções. A Boluda Lines acaba de lançar uma ligação quinzenal entre Espanha e o arquipélago. O presidente da companhia, Alfonso Serrat, indicou, numa entrevista divulgada pela assessoria de imprensa, que a aposta no país lusófono é de longo prazo.

A companhia abriu escritórios na Praia (capital do país, na ilha de Santiago) e nas restantes principais ilhas, Mindelo, Sal e Boa Vista. Serrat refere que a Boluda Lines pretende reforçar a equipa em Cabo Verde, bem como a frota (com mais um navio) e passar as frequências a semanais.

“O nosso compromisso com Cabo Verde é de longo prazo, com grandes expectativas para o futuro e perspectivas de permanência. Este serviço é uma boa oportunidade para nos unirmos ao desenvolvimento e crescimento do país”, explicou o presidente da Boluda Lines.

A companhia espanhola pode, segundo Alfonso Serrat, “desempenhar um papel fundamental no progresso do arquipélago, devido à sua alta especialização no transporte de produtos perecíveis, essenciais para o fornecimento de cadeias hoteleiras; pelo seu conhecimento da insularidade, como demonstra a sua implantação durante décadas nas ilhas Canárias; e pela experiência de cerca de 200 anos”.

Note-se que há dias também o Grupo ETE reforçou a sua aposta em Cabo Verde, com o upgrade do serviço Africa Express da Transinsular e o anúncio de outros investimentos, como a constituição da Transinsular Cabo Verde (com um navio, o Ponta do Sol) ou o interesse na

 

Comments are closed.