A Bombardier e a Trenitalia apresentaram o primeiro Frecciasrossa 1000, o novo comboio de Alta Velocidade que entrará ao serviço da operadora italiana no início de 2015.

O V300 Zefiro, o mais recente membro da família Zéfiro, lançada pela Bombardier em 2007, foi concebido para operar comercialmente à velocidade máxima de 360 km/hora. Mais rápido que os mais velozes comboios em serviço na actualidade.

A nova composição (na prática, uma automotora, uma vez que os sistemas de propulsão estão distribuídas pelos diferentes veículos) integrará oito unidades e terá capacidade para transportar 485 passageiros.

A Trenitalia encomendou 50 Frecciasrossa 1000. Para fazer face à concorrência interna (o operador privado NTV estará dotado com os AGV da Alstom), mas também para reforçar os serviços internacionais e mesmo, muito provavelmente, tentar tirar partido da liberalização dos mercados domésticos de transporte de passageiros na Europa.

A Bombardier, que já tem mais de uma centena de Zefiro a operar na R.P. China, aposta neste novo modelo para “conquistar” a Europa, onde enfrenta a forte concorrência da Alstom e da Siemens.

O projecto brasileiro de Alta Velocidade está também na mira do construtor de origem canadiana, que integra o consórcio espanhol candidato assumido a construir e a operar a ligação São Paulo-Rio de Janeiro.

Comments are closed.