A Bosch e a Daimler chegaram a acordo com San Jose, a terceira maior cidade da Califórnia, EUA, para aí realizar, a partir do segundo semestre de 2019, testes reais ao serviço de táxi autónomo (SAE Nível 4/5).

Testes do táxi-autónomo realizar-se-ão em 2019

As três partes assinaram um memorando de entendimento para prosseguir e finalizar esta actividade. Utilizando Mercedes Classe S autónomos, a Bosch e a Daimler propõem oferecer o serviço a uma comunidade de utilizadores seleccionada no corredor San Carlos/Stevens Creek, entre o Centro e o Oeste de San Jose.

A app deste serviço de transporte, operada pela Daimler Mobility Services, demonstrará de que forma os serviços de mobilidade como a partilha de carros (car2go), táxis (mytaxi) e plataformas multimodais (moovel) podem ser conectados de forma inteligente. “Os testes irão fornecer informações sobre como os veículos altamente ou completamente autónomos podem ser integrados numa rede de transporte multimodal”, refere o comunicado conjunto.

A intenção é fornecer uma experiência digital ininterrupta, na qual uma comunidade de utilizadores terá a oportunidade de chamar um táxi autónomo, monitorizado por um condutor de segurança, que irá conduzir automaticamente até o seu destino.

“Estamos a impulsionar a condução autónoma há muitos anos. Com este piloto, iremos gerar informações valiosas para conectar veículos totalmente autónomos da melhor maneira possível aos utilizadores de futuros serviços de mobilidade”, refere Michael Hafner, vice-presidente de tecnologias de accionamento e direcção autónoma da Daimler AG.

“Temos de repensar o transporte urbano. A condução autónoma irá ajudar-nos a completar a imagem do tráfego urbano futuro”, indica, por seu turno, Stephan Hönle, vice-presidente sénior da unidade de negócio de condução automatizada da Robert Bosch GmbH.

Comments are closed.