A Brittany Ferries começou, na semana passada, a fazer viagens de teste em preparação para as possíveis consequências dos dois lados do Canal da Mancha de um Brexit sem acordo.

Brittany testa procedimentos para o caso do hard Brexit

Até meados de Outubro estão planeados 15 ensaios, em oito portos servidos pela Brittany Ferries: Portsmouth, Poole e Plymouth, no Reino Unido, e Le Havre, Caen, Cheren, Chergourg, Saint Malo e Roscoff, em França. O Brexit está anunciado para 31 de Outubro.

Estes ensaios fazem parte de planos mais amplos que envolvem a autoridade aduaneira de França para testar a preparação do país para um Brexit sem acordo e uma fronteira inteligente com o vizinho do outro lado da Mancha.

O primeiro teste envolveu cerca de 100 camiões que viajavam do Reino Unido para França, transportando uma grande variedade de mercadorias, incluindo móveis, perfumes, asas e motores de aeronaves, peças de automóveis, peixes, tractores, comida de pássaros, aço e sal.

A rota Portsmouth para Caen é a mais movimentada do canal a Oeste de Dover, transportando 100 mil camiões por ano.

Nestes “simulacros”, as informações dos camiões embarcados em navios da Brittany Ferries no Reino Unido são enviadas de forma electrónica para a alfândega francesa. Aqui, os veículos com autorização prévia são colocados num canal verde e os que terão de ser inspeccionados em França colocados num canal laranja.

Os motoristas são informados sobre o status dos seus veículos nos ecrãs de informações a bordo. Na chegada a França, os camiões no canal verde podem ignorar os controlos alfandegários ao saírem do porto. Pelo contrário, os laranja têm de dirigir-se para instalações aduaneiras específicas dedicadas a inspecções e verificações de documentos.

“Precisamos de testar todas as partes do processo para garantir que tudo funcione de forma eficiente e harmoniosa. Quando este programa estiver concluído e fizermos os ajustes necessários, estaremos prontos para receber os nossos passageiros, aconteça o que acontecer depois do Brexit ”, refere citado em comunicado, Patrice Narozny, director de operações portuárias da Brittany Ferries para França.

 

 

Comments are closed.