A Comissão Europeia aprovou os termos da fusão, por integração, da CSAV com a Hapag-Lloyd. Os EUA deram o sim em Agosto. Para que o negócio se concretize falta ainda que algumas autoridades nacionais da Concorrência se pronunciem.

A fusão far-se-á mediante a integração das actividades de transporte marítimo de contentores da sul-americana CSAV na Hapag-Lloyd.

O negócio dará origem ao quarto maior operador mundial, com uma frota de cerca de 200 navios, 7,4 milhões de TEU transportados anualmente e um volume de negócios agregado de nove mil milhões de euros.

O acordo entre as duas companhias foi assinado em Abril passado. Depois dos votos favoráveis das respectivas assembleias de accionistas e, agora, da “luz verde” de Washington e de Bruxelas, falta agora apenas que algumas autoridades da Concorrência se pronunciem para que o negócio se efectivo, refere a Hapag-Lloyd.

Tags:

Comments are closed.