A Comissão Europeia condenou a CSAV, K Line, MOL, NYK e WWL-Eukor pela “participação num cartel para o transporte marítimo intercontinental de veículos”.

 

O total de multas impostas por Bruxelas às companhias ascende a 395 milhões de euros. A MOL viu a sua multa ser perdoada (seria de 203 milhões de euros) por ter denunciado a associação ilícita, enquanto as restantes companhias implicadas viram as coimas serem reduzidas por terem colaborado com as autoridades.

Assim, a WWL-Eukor terá de pagar 207,3 milhões de euros, a NYK 141,82 milhões de euros, a K Line 39,1 milhões de euros e a CSAV 7,03 milhões de euros.

A cartelização ocorreu entre 2006 e 2012 e afectou importadores de veículos, clientes europeus e fabricantes de automóveis europeus.

A Comissão Europa concluiu que os gestores das companhias multadas se reuniram regularmente para “coordenar preços, distribuir clientes e trocar informações comerciais sensíveis sobre componentes de preços, tais como as sobretaxas aplicadas às tarifas para compensar as flutuações nas moedas ou do preço do petróleo”.

 

Tags:

Comments are closed.