A Comissão Europeia apresentou uma proposta “para actualizar e clarificar as regras sobre a qualificação inicial e a formação contínua dos motoristas de camiões e autocarros”. Bruxelas pretende, com a reforma, “contribuir para o aumento da segurança rodoviária e facilitar a mobilidade dos motoristas”.

Motoristas

Entre as principais novidades está o enfoque na protecção dos utilizadores vulneráveis ​​das estradas e na optimização do consumo de combustível. Realce ainda para um melhor reconhecimento da formação feito em outro Estado-Membro da União Europeia.

“É necessário um novo impulso se se quiser alcançar o objectivo estratégico da Europa de reduzir para metade o número de mortes na estrada até 2020”, considera a Comissária europeia dos Transportes da UE, Violeta Bulc.

“Melhorar a educação e formação tem um efeito positivo na segurança rodoviária, por isso apresentamos uma proposta para melhorar a formação dos condutores profissionais”, salienta Bulc.

A proposta será agora examinada pelo Parlamento Europeu e pelos 28 Estados-membros, de acordo com o processo legislativo da UE.

 

 

Comments are closed.