Os portos de Cabinda e do Soyo, em Angola, terão a partir da próxima semana uma ligação marítima diária.

A iniciativa é da Empresa de Transportes Marítimos de Cabinda e, segundo a “Angop”, visa responder ao pedido do governador da província de Cabinda, Mawete João Baptista. À falta de melhor alternativa, as populações recorrem a pequenas “chatas” para fazerem o percurso por mar, do que resultam vários acidentes.

No imediato a ligação será assegurada por uma embarcação com capacidade para 200 passageiros e 30 toneladas de carga. A gestão do navio estará a cargo da Empresa de Transportes Rodoviários de Cabinda “Giracab”.

Mas Eduardo Rodriguês, sócio-gerente da Empresa de Transportes Marítimos de Cabinda, avançou à “Angop” a chegada, em Março deste ano, de um navio de cabotagem com capacidade para 600 toneladas de carga, que ligará todo o litoral angolano uma vez por semana, com ou sem carga.

Comments are closed.