Há dois anos que o governo de Cabo Verde tenta encontrar um parceiro privado interessado na TACV. A reestruturação da frota avança para o ano.

A ministra cabo-verdiana das Finanças, Cristina Duarte, reconheceu que o governo tem tido dificuldades para encontrar um parceiro externo para a privatização da transportadora aérea local (TACV), ao cabo de dois anos.

Cristina Duarte acrescentou que o governo deverá fazer todos os esforços para a reestruturação da empresa em 2012, mas “o processo não tem sido fácil”.

A ministra falava aos jornalistas a propósito do relatório de avaliação da missão do FMI, que recomendou que seja intensificado o ritmo de reestruturação das empresas públicas deficitárias.

A governante reconheceu que o peso de empresas públicas como a Electra (produção e distribuição de água e energia) e a TACV constituem riscos para o orçamento.

Questionada sobre a intenção do governo de renovar a frota da TACV no momento em que o Executivo procura maior contenção orçamental, Cristina Duarte explicou que se trata de substituir aviões que têm aumentado os custos operacionais da empresa.

“A avaliação técnica que temos é que a frota actual, nomeadamente um dos Boeing B757, se tornou extremamente ineficiente, com consumos elevados de combustível e de peças, tornando impossível rentabilizar qualquer frota com este equipamento, pelo que se impunha a sua substituição”, disse.

Decorre daqui, adiantou, a decisão do governo – anunciada durante a discussão do Orçamento de Estado no Parlamento – de adquirir mais dois Boeing B737.

“É que não é possível satisfazer as actuais rotas com apenas um avião (o Boeing B757), pelo que se optou pela aquisição de dois Boeing B737-800, com desempenhos de longe superiores, que darão à TACV a possibilidade de diminuir os custos de operação”, argumentou.

A governante anunciou que os dois novos aviões da TACV só estarão disponíveis em Julho de 2012, pelo que até lá o conselho de administração da empresa deverá tomar as medidas necessárias para garantir as rotas actuais.

Comments are closed.