A CaetanoBus, em parceria com a sua accionista Mitsui, é uma das interessadas no concurso para fornecer 600 autocarros eléctricos ao sistema TransMilénio, em Bogotá.

CaetanoBus quer fornecer TransMinlénio de Bogotá

 

O lançamento do concurso foi anunciado há dias pelo presidente da Câmara da capital da Colômbia. A CaetanoBus é uma das companhias que já manifestou interesse na disputa. Mas terá concorrência de peso, em particular asiática, com a BYD, Dongfeng, Sinotruck, Foton, entre outros.

Os 600 autocarros eléctricos deverão começar a ser entregues já no próximo ano. Com eles, Bogotá passará a ter a maior frota de autocarros eléctricos da América Latina.

Ao contrário do que é prática no TransMilénio, que opera essencialmente com autocarros de grande capacidade, os novos autocarros eléctricos terão uma lotação média de 80 lugares. Uma opção justificada pela inexistência de oferta de veículos de maior capacidade… apesar de a BYD ter apresentado recentemente um modelo capaz de transportar 250 pessoas.

A japonesa Mitsui detém 42% do capital da CaetanoBus. A construtora portuguesa tem vindo a ganhar vários concursos nacionais para o fornecimento de autocarros eléctricos a operadores públicos e privados.

Comments are closed.