Guipuzcoa, no País Basco, continua com o processo de criação de portagens para os veículos de mercadorias com mais de 3,5 toneladas que passam pela região. As autoridades da região já definiram preços e pretendem avançar com a medida já a partir de Janeiro de 2018.

Portagens - Guipuzcoa

Os preços para os troços da N-1 (Autovía Madrid-Irún) e da A-15 (Autovía de Navarra e Guipuzcoa) serão de 6,89 euros para os veículos com mais de 12 toneladas e de 5,5 euros para camiões de menor dimensão. Os valores terão, ainda, de ser aprovados pelas Juntas Gerais de Guipuzcoa.

O pagamento será feito, como acontece nas ex-Scut portuguesas, de forma electrónica através de um sistema de pórticos que assinalam as passagens dos veículos. O sistema permitirá o uso da Vía T – dispositivo semelhante à portuguesa Via Verde – que permite o pagamento nas restantes auto-estradas de Espanha.

De referir que já estão em operação, em modo de teste, os três pórticos localizados no porto de Echegárate, no ramal da A-15 com a N-1 e na fronteira de Irún.

 

Comments are closed.