A Autoridade do Canal do Panamá prevê um tráfego de 305 milhões de toneladas líquidas no ano fiscal de 2011, que começou no passado 1 de Outubro.

A confirmar-se a previsão, o tráfego no canal do Panamá registará um crescimento modesto face aos 300,1 milhões de toneladas do último ano, que sucedeu a dois anos de queda, depois dos 312,7 milhões de toneladas de 2007.

Em 2010, e por causa da crise, a Autoridade do Canal do Panamá congelou o previsto aumento das taxas de passagem. O novo aumento está agora anunciado para 1 de Janeiro próximo. Os contentores cheios passarão a pagar 82 dólares (contra 72 actualmente), ao passo que os contentores vazios e os slots disponíveis pagarão 74 dólares.

O aumento das taxas visa, além do mais, financiar o investimento do alargamento do canal. De acordo com os responsáveis panamianos, os trabalhos estão a decorrer dentro dos prazos previstos, ou mesmo adiantados, e a cumprirem o orçamentado ou mesmo com poupanças.

Os comentários estão encerrados.