A Autoridade do Canal do Panamá (ACP) anunciou que, a partir de 1 de Junho, vai permitir a passagem de navios porta-contentores com 51,25 metros de largura, contra os 49 metros actuais.

Este aumento permitirá a passagem de embarcações neopanamax com 20 filas de contentores à largura (são 19 actualmente).

A Alphaliner estima que a subida incrementará a capacidade do canal em 10% até Julho e que esta será aproveitada sobretudo pelas alianças que têm serviços na rota Ásia-Costa Leste dos EUA.

A Ocean Alliance está, desde 1 de Maio, a expandir para a faixa dos 13 000-14 400 TEU a capacidade em duas das suas sete rotações globais (AWE 1 e AWE5/SAX), de acordo com a consultora. A mesma fonte dá conta que a THE Alliance vai aumentar a capacidade total em 9,8% este ano ao alinhar navios de 20 filas de largura, até agora impossibilitados de navegarem no Canal do Panamá.

A dimensão média das embarcações na rota Extremo Oriente-Costa Leste dos EUA aumentou significativamente desde a inauguração das eclusas alargadas do Canal do Panamá, a 26 de Junho de 2016.

A capacidade média dos navios alinhados na rota no início de 2016 era de 4 600 TEU e deverá atingir 8 300 TEU em Julho de 2018, de acordo com a Alphaliner.

 

 

Os comentários estão encerrados.