Depois de um ano recorde, o porto de Aveiro começou 2011 a movimentar menos carga que em 2010, mas ainda assim bastante mais que em 2009 e mesmo mais que em 2008, quando a crise ainda não se fazia sentir.

Em Janeiro, Aveiro movimentou 272 mil toneladas, que comparam com as 301 mil toneladas de há um ano. Uma quebra homóloga de 9,4%.

Os granéis sólidos, que no ano passado foram a principal alavanca dos resultados recordes, foram agora os que mais cederam: 17,9% para a casa das 108 mil toneladas.

A carga geral fraccionada manteve-se como segundo tipo de carga movimentada, com 85,5 mil toneladas, 3,4% abaixo realizado no ano passado.

Nos granéis líquidos, as 80,6 mil toneladas movimentadas ficaram praticamente em linha (menos 1,7%) com o resultado homólogo de 2010.

Em Janeiro, o porto de Aveiro foi escalado por 76n navios, menos dois que há um ano.

 

Comments are closed.