O porto de Leixões movimentou nos primeiros dez meses do ano 13,39 milhões de toneladas, o que supera em 12% os 11,97 milhões registados no período homólogo de 2010.

Em Outubro, o ritmo de crescimento, que já estava no limiar dos dois dígitos, acelerou ainda mais com o processamento de 1,28 milhões de toneladas, cerca de 280 mil toneladas a mais do que há um ano.

Em termos relativos, a carga fraccionada é de muito longe a que apresenta a melhor performance, com um aumento de 77% na tonelagem movimentada para cima das 778 mil toneladas.

Também os granéis sólidos estão a atravessar um bom momento, com um crescimento homólogo de 22% até aos 2,13 milhões de toneladas.

A carga contentorizada avança 8% para os 4,45 milhões de toneladas (com um crescimento de 6% na movimentação de contentores, para OS 422 518 TEU) e os granéis líquidos valem agora 6,03 milhões de toneladas (mais 7%).

Nos primeiros dez meses do ano, as cargas em Leixões aumentaram 23%, para os 4,7 milhões de toneladas, ao passo que as descargas apenas subiram 7% para os 8,7 milhões.

No ano passado, o porto de Leixões movimentou 14,58 milhões de toneladas, o que representou um crescimento de 3% face ao realizado em 2009.

Comments are closed.