Em Setembro, o porto da capital recebeu perto de 955 mil toneladas, praticamente o mesmo que no mês homólogo de 2009. Desde Janeiro, o volume movimentado chega aos 8,9 milhões de toneladas, mais 200 mil do que há um ano.

Em comunicado, a administração portuária de Lisboa anunciou um aumento de 5,5% na movimentação de cargas de 5,5% em Setembro, para além do milhão de toneladas. As estatísticas disponibilizadas pela APL no seu site, porém, referem uma quase imperceptível quebra nos valores absolutos.

A justificação, ao que o TRANSPORTES & NEGÓCIOS apurou, tem a ver com o modo de contabilizar as cargas. Os números disponíveis no site “seguem os critérios definidos internacionalmente pelo Eurostat” e “são exclusivamente referentes a tráfego marítimo”; ao passo que os dados comunicados aos media incluem “o tráfego local entre instalações”, como por exemplo o tráfego fluvial entre os diferentes terminais.

Desfeito a dúvida, fica-se assim a saber que em Setembro o porto de Lisboa movimentou 954,7 mil toneladas. Sensivelmente o mesmo que no ano passado. No mês passado contabilizaram-se 144 mil toneladas de granéis líquidos (183 mil há um ano), 388 mil de granéis sólidos (345 mil) e perto de 436 mil de carga contentorizada (397 mil).

Em termos acumulados, nos três primeiros trimestres do ano corrente o porto liderado por Natércia Cabral soma cerca de 8,9 milhões de toneladas (8,7 milhões em 2009), sendo 1,34 milhões de granéis líquidos, 3,43 milhões de granéis sólidos e 3,9 milhões de carga contentorizada.

Onde as contas “batem certo” é no reforço da carga contentorizada, expressa quer em tonelagem, quer no número de TEU movimentados. Foram 43 207 em Setembro último (contra 40 669 há um ano), o que eleva o total do year-to-date para os 383 609 TEU, mais 1,5% do que nos três trimestres homólogos de 2009.

Os comentários estão encerrados.