A filial francesa da alemã CargoBeamer vai receber dois milhões de euros de apoios públicos para a construção de um terminal rodo-ferroviário próximo do porto de Calais. As obras para a infra-estrutura, que movimentará semi-reboques não acompanhados com a Alemanha, arrancam em 2017.

cargobeamer-rodo-ferro

O projecto foi afectado por alguns atrasos que protelaram a compra do terreno de três hectares, a três quilómetros do porto francês, por parte da companhia, segundo indicou à “Lloyd’s Loading List” o presidente da CargoBeamer France, Imad Jenayeh. A mesma fonte admitiu que, de forma indirecta, os problemas com os migrantes contribuíram para aquele atraso, “por ser difícil encontrar argumentos para convencer os bancos se a situação em Calais e à volta não é estável”.

Imad Jenayeh indicou que a CargoBeamer prevê investir mais de 15 milhões de euros no projecto. Este tem foco no transporte ferroviário de semi-reboques não acompanhados entre Calais e o hub da companhia em Leipzig e, daí, para outros destinos no Leste da Europa. O presidente da CargoBeamer France não indicou, porém, uma data para o arranque do serviço.

Entretanto, a Geodis Logistics ainda não anunciou uma data para voltar a operar a VIIA Britanica, auto-estrada ferroviária entre Calais e os Pirinéus franceses. Este serviço foi suspenso em Julho por razões de segurança.

 

Comments are closed.