A Carnival prevê receber quatro novos navios de cruzeiros em 2016. Estas embarcações, que estão a ser construídas pelo estaleiro italiano Fincantieri, fazem parte do plano da companhia americana de receber 17 novos navios até 2020 para as suas dez marcas.

AIDA Cruises

Os quatro novos navios que a Carnival vai acrescentar à sua frota, actualmente com 99 embarcações, são o Koningsdam (para a Holland America Line), o Carnival Vista (Carnival Cruise), o AIDAprima (AIDA Cruise) e o Seabourn Encore (Seabourn). Os três primeiros têm entrega prevista para Abril e o último para Dezembro.

O Koningsdam é um navio da classe Pinnacle e tem 99 500 toneladas de arqueação bruta. O Carnival Vista será o maior navio da Carnival, com 321 metros de comprimento, 133 500 toneladas de peso e capacidade para 3 954 pessoas. Com 1643 cabines e 124 100 toneladas de arqueação bruta, o AIDAprima será o navio porta-estandarte da AIDA, com uma tecnologia que lhe permitirá, segundo a companhia, ser o navio de cruzeiros mais amigo do ambiente do mundo. Por fim, com 40 350 toneladas de arqueação bruta, o Seabourn Encore, da classe Odyssey, terá capacidade para 600 passageiros.

O CEO da Carnival, Arnold Donald, refere, citado pela assessoria de imprensa, que a empresa tem uma “estratégia de longo prazo para trazer para o mercado navios de tecnologia de ponta e altamente eficientes que melhorarão a experiência de cruzeiro”.

 

Os comentários estão encerrados.