O Fórum Global de Carregadores (GSF, na sigla inglesa) desenvolveu um plano para acabar com as sobretaxas no transporte marítimo de contentores no prazo de cinco anos.

Contentores

O anúncio foi feito em Colombo, no Sri Lanka, na reunião anual do GSF, tendo o secretário-geral da instituição, Chris Welsh, explicado que o plano incluirá uma série de acções “que exporá a dimensão e a injustiça da prática [de cobrar sobretaxas] aos órgão do comércio mundial”.

As razões apontadas para a multiplicação daquelas sobretaxas são cada vez mais, mas os carregadores defendem que não estão relacionadas com o custo real dos serviços de transporte. De acordo com o GSF, o valor das sobretaxas chega a ser superior ao preço contratualizado para o transporte, o que torna mais difícil a previsibilidade dos custos totais.

“A nossa campanha vai expor o grau das sobretaxas para que seja tomado em linha de conta em futuros acordos comerciais”, disse Chris Welsh. O secretário-geral do GSF salienta que o Fórum “está determinado a acabar com estas práticas”.

 

Comments are closed.