A Lufthansa Cargo acordou com a Deutsche Bahn o pagamento de uma indemnização pelos prejuízos causados à DB Schenker pela cartelização de preços.

O montante da indemnização não foi revelado, mas fontes citadas pela “CargoForwarder Global” apontam para um valor “bem abaixo de 50 milhões de euros” pela Lufthansa Cargo e pela Swiss.

O acordo extrajudicial põe termo a uma disputa iniciada em 2013, quando a Deutsche Bahn exigiu na Justiça uma compensação de mais de dois mil milhões de euros a 11 companhias aéreas por fixação ilegal de preços em detrimento de seu braço logístico DB Schenker.

Em 2010, recorde-se, a Comissão Europeia e outras autoridades da Concorrência internacionais aplicaram multas num momento global de perto de 800 milhões de euros a uma dúzia de companhias aéreas, por combinarem os valores das sobretaxas de combustível e de segurança, entre 1999 e 2006.

O cartel envolveu a Air Canada, Air France-KLM, British Airways, Cathay Pacific, Cargolux, Japan Airlines, LAN Chile,  Lufthansa Cargo, Swiss, Qantas, Singapore Airlines e SAS.

Na sequência, a Deutsche Bahn intentou acções na Justiça alemã contra oito companhias participantes no cartel, no que foi acompanhada por oito transitários, todos reivindicando indemnizações pelos prejuízos sofridos.

Além da Lufthansa Cargo, também a Air France-KLM, a Singapore Airlines, a Qantas e a SAS já chegaram a acordo com a DB / DB Schenker.

Mantêm-se entretanto os processo contra outras seis companhias.

Comments are closed.