A Comissão Europeia continua sem comissário dos Transportes. A Roménia continua sem indicar um candidato e arrisca perder a pasta.

Quase dois meses depois do nome de Rovana Plumb ter sido “chumbado” pelo Parlamento Europeu, a Comissão Europeia presidida pela alemã Ursula von der Leyen continua sem comissário dos Transportes. A crise política na Roménia explica o atraso.

A primeira-ministra cessante da Roménia, a social-democrata Viorica Dancila, propôs como novo candidato o seu ministro de Assuntos Europeus, Victor Negrescu, que está a dias de abandonar o cargo. Por isso, o Presidente romeno, o conservador Klaus Iohannis, pediu à Comissão para não avançar até que a nomeação do novo primeiro-ministro romeno, o liberal Ludovic Orba, fosse ratificada pelo Parlamento romeno, esta semana. Iohannis considera que deve ser Orba a nomear o candidato a comissário europeu.

A nova presidente da Comissão Europeia viu assim comprometido o prazo que deu a si mesma para fechar a constituição do novo Executivo comunitário.

Caso o impasse se prolongue, analistas indicam que há a possibilidade de outro estado-membro da União Europeia ser convidado a nomear o próximo Comissário dos Transportes.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*