A China está a construir comboios de mercadorias capazes de circularem a velocidades de até 250 km/h em linhas que no presente são exclusivas de serviços de passageiros, de acordo com a agência de informação financeira “Caixin”.
AVE

Fonte da China Railway Rolling Stock Corp (CRC) avança que o primeiro comboio poderá sair da linha de montagem ainda no primeiro semestre de 2016.

Os comboios de mercadorias poderão circular pelosmais de 16 000 km de linhas de Alta Velocidade da rede chinesa. O tipo de carga privilegiada será a de valor mais elevado, como a relacionada com o comércio electrónico, em detrimento de carga a granel, como o carvão, por exemplo. No presente, os comboios de carga mais rápidos na China atingem velocidades de até 160 km/h e estão ao serviço desde 2014 em linhas convencionais.

A procura pelo transporte ferroviário de cargas de maior valor acrescentado tem crescido no país, o que, segundo fontes da China Railway Corp, levou à aposta no desenvolvimento dos comboios de mercadorias de Alta Velocidade. Que poderão, além do mais, vir a ser utilizados nos serviços que já hoje ligam a China à Europa.

Os comboios da CRC transportaram 2,5 mil milhões de toneladas de mercadorias nos primeiros nove meses de 2015, menos 11,4% do que no mesmo período do ano passado.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.