O Reino Unido é o oitavo país e Londres a 15.ª cidade na Europa a serem servidos por um serviço ferroviário de mercadorias proveniente da China.

comcboio-china-uk

O novo serviço arrancou no início do ano, com a partida de um comboio da estação de Yiwu (província chinesa de Zheijang), com destino ao terminal ferroviário de Barking, nos arredores de Londres.

A carga, avaliada em quatro milhões de libras esterlinas, é composta essencialmente por vestuário e malas.

O comboio percorrerá mais de 12 mil quilómetros, através do Cazaquistão, Rússia, Bielorrúsia, Polónia, Alemanha, Bélgica e França, chegando ao Reino Unido pelo Eurotunnel. O serviço faz paragens na Alemanha e em França, para ligar a outros destinos europeus. O tempo de trânsito é de 18 dias.

O comboio é mais barato que o avião e mais rápido que o navio para o encaminhamento de mercadorias entre a China e a Europa. A aposta de Pequim na multiplicação de serviços insere-se na sua estratégia de fazer renascer a “Rota da Seda”.

Na Europa, a oferta de serviços ferroviários de/para a China já cobre, entre outros países, a vizinha Espanha, com partida/chegada a Madrid.

 

Comments are closed.