A chinesa CRRC desenvolveu um sistema de metro ligeiro autónomo que dispensa os carris. A operação comercial deverá iniciar-se em 2018 na cidade de Zhuzhou, província de Hunan.

Rail-less-train-2-web-410x246

O ART (de Autonomous Rail Rapid Trnnsit) é um veículo eléctrico, com capacidade para transportar 300 passageiros na sua versão standard de três carruagens e 30 metros de comprimento, a uma velocidade máxima de 70 km/hora. A sua autonomia é de 40 quilómetros.

No entanto, apesar da referência aos carris no nome, o ART dispensa-os. Desloca-se sobre pneus e guia-se com o recurso a sensores embarcados que fazem a leitura constante das dimensões da via disponível

O ART assume-se, assim, como uma alternativa vantajosa aos sistemas tradicionais de metros de superfície. Além do mais, dizem os seus criadores, ele é capaz de planear a sua própria rota.

As autoridades de Zhuzhou, onde se situa o  CRRC Zhuzhou Institute Co Ltd, que desenvolveu o protótipo, projectam uma primeira linha do ART para o centro da cidade. Com uma extensão de 6,5 quilómetros, deverá iniciar as operações ainda em 2018.

Comments are closed.