O grupo chinês Shaanxi Heavy Duty Automobile Import & Export Co. (Shacman) vai investir 400 milhões de reais (200 milhões de dólares) na construção de uma fábrica no Brasil, para a produção de camiões pesados e ultra-pesados.

De acordo com “O Estado de São Paulo”, a fábrica deverá ser construída na cidade de Tatuí, no interior do estado de São Paulo, e terá capacidade para produzir 10 mil veículos por ano.

A unidade brasileira deverá entrar em funcionamento em meados de 2014 e terá como proprietários a empresa brasileira Metro Shacman e o próprio grupo chinês, acrescenta o periódico.

A Metro Shacman, constituída em 2010, tem sede na cidade de Boituva, estado de São Paulo, e actua na importação e comercialização dos camiões Shacman em todo o território brasileiro e no Mercosul (Argentina, Paraguai, Bolívia e Uruguai), sendo subsidiária do grupo brasileiro Metroeuropa, que centra a sua actividade na construção civil.

Comments are closed.