Era um sucesso, mas acabou, ou vai acabar. Pelo menos por agora. A chinesa Beijing Capital Airlines, do Grupo HNA, accionista da TAP, decidiu suspender os voos directos entre Lisboa e Pequim a partir de Outubro e até Março de 2019 . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***