Christian Blauert demitiu-se do cargo de CEO da Yilport Holding. No imediato será substituído pelo patrão do grupo turco, Robert Yildirim.

A saída de Christian Blauert foi hoje anunciada em comunicado pela Yilport, a holding que agrupa os interesses portuários do grupo Yildirim, e onde se incluem quase todos os terminais de contentores dos portos nacionais. Os motivos da mudança não foram referidos.

Christian Blauert chegou à Yilport em 2015 e tornou-se CEO em Junho de 2016. O objectivo era liderar o processo de crescimento da holding até ao “top 10” dos maiores operadores de terminais de contentores do mundo.  Neste entretanto, o grupo cresceu, de facto, mas falhou aquela que seria, certamente, uma das suas grandes apostas: a entrada no mercado da América do Norte.

Citado no comunicado da Yilport, o agora CEO demissionário disse acreditar no “continuado sucesso da Yilport como um dos mais dinâmicos e em rápido crescimento grupos de terminais portuários do mundo”.

A saída de Christian Blauert tornar-se-á efetiva a 15 de Dezembro. A partir de 1 de Janeiro de 2020, Robert Yilidrim, presidente do grupo homónimo e presidente também da Yilport Holding acumulará as funções de CEO até à nomeação de um sucessor.

Comments are closed.