A terceira geração da Citroën Berlingo já vendeu de 200 mil unidades (furgão e versão de passageiros) desde que foi lançada, em Setembro de 2018.

Perto de 150 mil daquelas matrículas ocorreram em 2019, tornando-se a Berlingo o segundo modelo Citroën mais vendido em todo o mundo, logo a seguir ao C3.

A Citroën Berlingo representou, por si só, 16% do seu segmento em 2019 na Europa, com a versão comercial Berlingo Van a representar dois terços das vendas, ficando o restante terço para a versão de passageiros.

Em Portugal, foram vendidas 5 022 do modelo desde o lançamento. A versão de mercadorias foi responsável por 4 673 matrículas. Cerca de duas em cada três unidades vendidas correspondem ao nível de equipamento Club (mais conforto) e 76% estão equipadas com cabine Extenso (três lugares à frente). Além disso, cerca de uma em cada cinco unidades vendidas está equipada com Surround Rear Vision (vigilância do espaço exterior traseiro e lateral, do lado do passageiro, com apresentação num ecrã de cinco polegadas’ no lugar do retrovisor interior.

Já a versão de passageiros da Berlingo representou 349 unidades vendidas em Portugal. Mais de 60% das vendas correspondem à versão com mais equipamento (Shine) e cerca de 64% das unidades vendidas estão equipadas com câmara de marcha-atrás Top Rear Vision (apresentação de uma vista de cima, reconstituindo a 180° o espaço exterior atrás do veículo).

 

 

 

Comments are closed.