Os transportadores rodoviários de mercadorias são o mercado-alvo preferencial do novo serviço da CLdN Cobelfret em Leixões, que promete um transit time de trâs dias para Londres, avançou ao TRANSPORTES & NEGOCIOS Sérgio Costa, o rosto da companhia no mercado nacional.

Cobelfret

O novo serviço semanal arrancará já no próximo dia 28, em Londres. A primeira escala em Leixões está prevista para 2 de Outubro, sexta-feira. A ligação será assegurada pelo Adeline, que já operou entre o porto nortenho e Roterdão antes de ser substituído pelo Whilmine.

Construído em 2012, o Adeline tem capacidade para acomodar 2 300 metros lineares de carga. Os transportadores rodoviários de mercadorias serão os clientes naturais da nova oferta. Sérgio Costa sublinha o “transit time de apenas três dias” (face aos 5-6 dias da oferta actual, com transbordo em Roterdão) e lembra os “atrasos que continuam a acontecer em Calais” mesmo se tais problemas não estão já hoje na agenda das notícias.

As saídas de Leixões acontecerão, pois, às 24 horas de sexta-feira e as chegadas a Londres às 18 horas de segunda-feira. O regresso está marcado para as 24 horas locais, com chegada ao porto nortenho às 9 horas de sexta-feira.

Pelo caminho, o Adeline tocará o porto de Zeebrugge (às terças-feiras). Uma opção que visa “oferecer mais uma saída à importação para Portugal” e “captar mais cargas para o sentido southbound”, com isso tentando compensar o défice de viagens de retorno que já vitimou serviços anteriores.

Com mais esta, a CLdN Cobelfret eleva para três as saídas semanais de Leixões. As outras duas acontecem às quartas-feiras e sábados, para Roterdão, onde se podem fazer os transbordos de/para o Reino Unido, Irlanda e Escandinávia, além da oferta de serviços terrestres para o Norte/Centro da Europa.

Este artigo tem1 comentário

  1. luis filipe cavadas

    saídas às sextas feiras 24h00 significa receção de camiões até que horas?