Pelo menos nas próximas duas semanas, a CLdN Cobelfret reforçará a oferta de capacidade em Leixões, com as escalas das quartas-feiras a serem realizadas pelo Mazarine.

Mazarine

A companhia justifica a alteração com o “aumento exponencial” de reservas para cargas de importação (que dificultam o reposicionamento dos contentores para servir a exportação), e com a necessidade de normalizar as operações depois de “uma série de infelizes acontecimentos operacionais”.

As saídas de Leixões nos próximos dias 22 e 29 serão, assim, realizadas pelo Mazarine, um con-ro com 195,4 metros de comprimento e 2 600 metros lineares de capacidade de carga, maior que o Adeline, de apenas 152 metros de comprimento e 2 300 metros lineares.

A operação da CLdN Cobelfret em Leixões iniciou-se em 2012. Actualmente, a companhia oferece duas saídas, às quartas e sábados, para Roterdão, com ligações ao Norte da Europa, Reino Unido e Irlanda.

A operação foi determinante para o porto nortenho destronar Setúbal na liderança nacional na carga ro-ro. De acordo com os últimos números disponíveis, nos primeiros cinco meses do ano, Leixões processou 260 mil toneladas de carga rodada, mais 80,5% que no período homólogo de 2014.

 

Tags:

Comments are closed.