A partir de Setembro, os navios da CLdN RoRo voltarão a navegar directamente entre Leixões e Roterdão, sem qualquer paragem intermédia em Santander, anuncia a companhia.

A partir de Setembro, os navios da CLdN RoRo voltarão a navegar directamente entre Leixões e Roterdão

A mudança decorre da decisão da CLdN de lançar, depois do Verão, um serviço dedicado para Santander, na sequência dos bons resultados alcançados naquele porto desde Setembro de 2016 (quando Santander passou a ser escalado pelo serviço de Leixões).

A partir de Setembro, a CLdN terá, portanto, dois navios dedicados à ligação entre Santander e Zeebrugge, onde serão feitas as correspondências para o Reino Unido, Suécia, Dinamarca e Irlanda.

A boa notícia para Santander é também uma boa notícia para Leixões, uma vez que a CLdN manterá os três navios actualmente alinhados no serviço com Roterdão. E com o fim das escalas em Santander ganhar-se-á em tempos de trânsito e em capacidade de carga.

Isso mesmo foi confirmado ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS por Sérgio Costa, responsável da CLdN RoRo.

“Mantêm-se os três navios actuais,  com três saídas semanais, cada com capacidade de 3 mil metros lineares. Daqui até Setembro vamos estudar com o mercado possíveis melhorias nas rotacões e tempos de trânsito.  E iremos verificar inclusive novas potencialidades e escalas”.

 

Os comentários estão encerrados.