A partir de Maio, o Pearl River Service da CMA CGM, que une a China à Costa Oeste dos EUA, será integralmente assegurado por navios de 18 000 TEU, anunciou a companhia.

CMA-CGM-Benjamin-Franklin-3-Courtesy-of-the-Port-of-Long-Beach

“Pensados” para o tráfego Ásia-Europa, os porta-contentores de 18 000 TEU estão a sofrer com a quebra na procura. Ao invés, o mercado trans-Pacífico é o “mais activo e dinâmico da actualidade”, reconhece a CMA CGM.

Daí a opção de deslocar para o Pacífico os navios de 18 000 TEU, num movimento com consequências ainda não totalmente percebidas.

A decisão agora anunciada segue-se aos ensaios realizados com o CMA CGM Benjamim Franklin nas escalas nos portos norte-americanos de Long Beach e Oakland, desde Fevereiro.

Além do CMA CGM Benjamim Franklin, serão alinhados no serviço o Vasco da Gama, o Bougainville, o Kerguelen, o Georg Forster e o Zheng He.

O Pearl River Service liga os portos chineses de Fuqing, Xiamen, Yantian, Nansha e Hong Kong aos norte-americanos Long Beach e Oakland.

Comments are closed.